TODAS AS Fotos MARIO LAGOS



Por Mario Lagos, de Paris
Dia de verão em Paris mas também dia de greve dos transportes…Às 3 horas da tarde, eu estava ainda a trabalhar. Quando vou ver o meu telefone já tinha umas 10 chamadas de amigos a avisar que a fila (para gramado VIP) estava a crescer. Deixei tudo, cheguei pouco depois das 4h e acabei por conseguir lugar na primeira fila do b-stage – lado Keith, é claro … 
O grupo que fez a primeira parte do show começou atrasado, não sei por que razão, e quando chegou a um certo ponto, cortaram-lhes o som e mandaram a banda embora. 
Estádio estava completamente cheio e tinha ambiente fantástico, setlist clássico com um bom You Got me Rocking. Bitch e Out of Control foram as cerejas no topo do bolo. Algumas dificuldades no arranque de Wild Horses e mais uma vez um Midnight Rambler de arrebentar um estádio! 
Mick fez as suas piadas habituais, mas é claro que adaptadas ao lugar onde se encontra, desta vez queria uma final da Copa França e Inglaterra!! 
Charlie foi muito aclamado e depois, claro, chegou o rei … Desta vez, Mick Taylor foi apresentado e agradecido por Mick várias vezes.
Sinceramente não sei o que dizer mais. A máquina está afinada como nunca. O Keith está muito bem, tanto no aspecto musical quanto físico. O Ronnie cumpre o papel dele muito bem. O Darryl fez um solo em Miss You um pouco diferente de Lisboa, mas muito bom e groove.
Quanto ao Charlie, como todos sabem ele é o mestre de orquestra e não sai dali, sempre a bater bem e forte. O Mick, esse nunca vou compreender (já estou quase aos meus 20 concertos) de onde vem a energia. 
Foi mais uma noite mágica na companhia de vários amigos da Stones Family que vieram de várias partes da Europa. Vi todos os concertos que eles deram no Stade de France (que não tem muito boa reputação quanto ao som) e este foi de longe o melhor, até o som estava impecável! 
Como sou originário do Porto, vou acabar com esta. Os Stones são como o vinho do Porto, quanto mais velhos, melhores.

Setlist do show sendo fotografado.

Acima, Mario Lagos diante do palco em Paris.

Comentários

comentários