Depois de os Stones lançarem Blue and Lonesome, que é uma grande homenagem aos maiores ídolos do blues, como Muddy Waters, Howlin’ Wolf, Little Walter, Jimmy Reed e tantos outros, chegou a vez de bluseiros de Chicago prestarem tributo à maior banda do mundo.

Chicago Plays the Stones tem como grande destaque a versão que Buddy Guy gravou para Doo Doo Doo Doo Doo (Heartbreaker), que tem a participação de Mick Jagger. Confira abaixo as 12 canções gravadas no disco e seus intérpretes.

1. LET IT BLEED JOHN PRIMER
2. PLAY WITH FIRE BILLY BOY ARNOLD
3. DOO DOO DOO DOO DOO (HEARTBREAKER) BUDDY GUY WITH MICK JAGGER
4. (I CAN’T GET NO) SATISFACTION RONNIE BAKER BROOKS
5. SYMPATHY FOR THE DEVIL BILLY BRANCH
6. ANGIE JOHN PRIMER
7. GIMME SHELTER LEANNE FAINE
8. BEAST OF BURDEN JIMMY BURNS
9. MISS YOU MIKE AVERY
10. I GO WILD OMAR COLEMAN
11. OUT OF CONTROL CARLOS JOHNSON
12. DEAD FLOWERS JIMMY BURNS

A produção do álbum é de Larry Skoller, que já teve três indicações ao Grammy e tem mais de 30 anos de experiência na área musical. Evidentemente a gravação ocorreu em Chicago.

Desde que lançaram o Rolling Stones No.1, a banda reverenciou os grandes mestres do blues e fez incansáveis homenagens a eles, gravando suas músicas. A imensa popularidade dos Stones fez com que milhares de norte-americanos passassem a conhecer grandes artistas, que antes disso eram completamente desconhecidos fora dos guetos do blues negro.

Reconhecimento

Buddy Guy, Chuck Berry, Muddy Waters e vários outros sempre reconheceram e agradeceram a exposição que os Stones deram às suas músicas, levando-os a serem conhecidos muito além das fronteiras dos Estados Unidos. Buddy Guy revela em Under the Influence, que chorou quando viu Howlin’ Wolf cantando na TV nos anos 196o, a convite dos Stones.

Gravada pelos Stones, Little Red Rooster, escrita por Willie Dixon, foi o primeiro single de blues a assumir o topo das paradas britânicas em 1964. Ou seja, a homenagem do blues de Chicago aos Stones não surpreende e, na verdade, é muito justa. Os Stones deram ao blues tanto quanto receberam dele, numa troca justa entre alunos e mestres.

Você pode saber um pouco mais sobre os artistas que participam do disco e ouvir trechos das músicas clicando aqui.


Comentários

comentários