Charlie Watts seré homenageado com um prêmio por sua excelente contribuição ao jazz. O baterista ganhará o The Gold Award at the 2017 Jazz FM Awards em reconhecimento à sua dedicação ao jazz e ao blues. A homenagem vem no mesmo mês em que seu novo disco de jazz, Charlie Watts Meets The Danish Radio Big Band, será lançado.

Charlie disse a respeito: “Estou muito grato por ser homenageado pela Jazz FM por minha contribuição ao jazz e ao blues. Eu sempre amei e fui influenciado pela música dos artistas destes gêneros. Eles foram uma das razões pelas quais eu quis ser um músico. Ainda é importante que continuemos a apoiar esta música para garantir que ela viva para as próximas gerações. ”

Stones

Charlie também foi indicado para dois outros prêmios na cerimônia com os Rolling Stones – álbum do ano para Blue And Lonesome e artistas de blues do ano.

A premiação deste ano acontecerá no dia 25 de abril, data do 100º aniversário do nascimento de Ella Fitzgerald. O Jazz FM Awards de 2017 terá lugar na Câmara Municipal de Shoreditch e será comandado por um dos apresentadores fundadores do Jazz FM, Jez Nelson.

Novo disco de Charlie Watts

Vem ai mais um disco de jazz envolvendo Charlie Watts. Em 2010, o baterista gravou o álbum Charlie Watts meets DR Big Band at Concert Hall, em Copenhague, na Dinamarca,  que finalmente será lançado pela Universal Music.

O projeto é capitaneado pelo trompetista Gerard Presencer e também contou com a participação de Dave Green, baixista da ABC&D of Boggie Woogie, outro trabalho de Charlie.

De acordo com o jornal La Nación, da Argentina, algumas canções dos Stones foram tocadas naquele show, assim como Faction, um tema composto por Presencer, inspirado no clássico Satisfaction. Outra música do espetáculo foi Elvin Suite, um tributo de Charlie a Elvin Jones, baterista norte-americano de jazz, que trabalhou com grandes estrelas do gênero como  Charles Mingus, Teddy Charles, Bud Powell e Miles Davis.

A previsão é que o disco seja lançado em 21 de abril.

A paixão de Charlie pelo jazz não é surpresa para ninguém. Desde antes de assumir as baquetas dos Stones, ele já adorava Charlier Parker e outros grandes nomes do estilo. A carreira solo do baterista é toda focada no jazz. Apesar disso, o músico é muito atento ao que ocorre no mercado discográfico e usualmente descobre novos artistas talentosos.

INTERESSADO no novo disco de Charlie Watts? Mande mensagem para andreribra@hotmail.com que nós aceitaremos encomendas para importá-lo.


Comentários

comentários