Se alguém da banda de apoio pode ser considerado um Rolling Stone, sem dúvida é Chuck Leavell, que desde 1982 toca com o grupo. O cara esteve em todas as tours e em todos os álbuns desde aquela época. Ainda por cima, assumiu com os anos a posição de maestro da banda, fazendo as contagens e ajudando a manter tudo no caminho. Chuck está muito satisfeito com o resultado de Blue and Lonesome. Em entrevista para a Fox News, o cara afirmou que os “Stones estão soando melhores do que nunca”.

Chuck conta que estava com a banda tocando na América do Sul, quando Keith o chamou para o seu  quarto. Lá, mostrou para o pianista o disco que eles gravaram em Londres, durante três sessões. Logo depois, Mick lamentou que Chuck não participou das gravações.

Então, Chuck viajou com Don Was para New Orleans, onde fez overdubs, colocando piano. “Trabalhamos em um estúdio maravilhoso chamado The Parlor para obtermos os sons autênticos que precisávamos para este disco”, disse Leavell. “Toquei tudo em um piano vertical bacana. E todos os sons foram adicionados ao piano para que voltássemos ao dia da gravação”, disse.

“A banda está melhor do que nunca e não estou dizendo por dizer. É verdade. Está todo mundo no topo e Mick está fantástico. A voz dele está maravilhosa e está ficando cada vez melhor”, acrescentou Chuck.

Comentários

comentários