Mesmo depois de um comunicado oficial de que os The Rolling Stones “não têm planos concretos para uma turnê”, a especulação continua sobre uma possível tour comemorativa do 50º aniversário banda. De acordo com a Live Nation, A Bigger Bang Tour vendeu 554 milhões dólares em ingressos. Chuck Leavell estava lá de carona. O site ET On Line fez entrevista com o tecladista.

Por CAROLYN RICHARDSON ET: Cite cinco canções que precisam ser tocadas em cada show dos Stones.
Chuck: Alguns números seriam complicado não tocar, como “Start Me Up”, “Jumping Jack Flash”, “Satisfaction”, “It´s Only Rock and Roll” e “Honky Tonk Women” … mas são muitos mais!
ET: Onde foi o melhor show que você já fez com os Stones? Chuck: Rio de Janeiro em 2006. Tocamos para um milhão e meio de pessoas na praia de Copacabana. Foi uma experiência extraordinária.
ET: Se ocorrer uma tour de 50º aniversário, será a última vez que os Stones se apresentarã0o ao vivo? Chuck: Isso deveria ser perguntado aos Stones, mas eu não acho que os Rolling Stones um dia irão anunciar uma última turnê … Eu acho que é do interesse deles não fazer isso. Outros já falaram se seria a última tour e depois voltaram à estrada. Acho que seria bobagem anunciarem o fim.
ET: Os Rolling Stones começaram fazendo covers de blues, e o nome da banda é baseado em uma canção de Muddy Waters. Você tem uma ligação com o blues? Chuck: O Rock and Roll nasceu do blues. Eu tenho um novo disco quase terminado que é uma homenagem aos pianistas de blues, aos pioneiros, intitulado Back to the Woods.

Comentários

comentários