Photo Credit: Rodrigo Abd/AP
Na última sexta-feira iniciou no Centro Cultural Borges em Buenos Aires a exposição “Stones 50”, que exibe 100 fotografias dos Stones de autoria do fotógrafo inglês Michael Cooper (1941-1973), que documentou os 10 anos iniciais da banda.
Cooper ficou conhecido nos anos 60 por ter retratado a maioria das grandes bandas do período, e uma das bandas com as quais ele mais trabalhou foi justamente os Stones, tornando-se amigo de todos os integrantes, em especial de Keith. Essa amizade com a banda lhe oportunizou retratar momentos íntimos dos Stones, que os fãs e interessados terão a oportunidade de ver nessa exposição.
Entre os inúmeros trabalhos de Cooper com os Stones, destaca-se a capa de Their Satanic Majesties Request.
A exposição tem a curadoria de Virginia Fabri e Silvia Cooper, casada com Adam Cooper, filho de Michael que mora em Buenos Aires. Adam tinha 9 anos quando seu pai morreu, mas continua mantendo uma amizade com Keith Richards. “A última vez que o vi, ele me disse: ‘todos têm seus dias ruins, inclusive eu. Quando isso acontece, olho pra cima e procuro algum conselho de seu pai'”, diz Adam. Para ele, Keith “é um cara muito legal. É aí que você entende que o rock não significa tudo na vida desses astros”. 
Para quem tiver interesse em conhecer mais sobre o trabalho de Michael Cooper, uma boa opção de livro é Early Stones, que foi lançado no Brasil. No site de Michael Cooper também é possível ver algumas das clássicas fotos que ele fez dos Stones, assim como no site Morrison Hotel
A exposição fica aberta até o dia 9 de março de 2014, e é uma boa opção para quem estiver em Buenos Aires nesse período.
Informações:
Exposição Stones 50
Centro Cultural Borges
Viamonte, esquina com San Martín (entrada também pode ser pela Galeria Pacífico)
Entrada: 40 pesos
Estudantes e pessoas acima de 60 anos: 30 pesos.

Comentários

comentários