Os Rolling Stones foram os Rolling Stones neste sábado (18/04) durante a apresentação de 6min01seg que eles fizeram no One World Together At Home. A banda tocou You Can´t Always Get What You Want em versão com bateria imaginária de Charlie Watts (ou terá sido aerodrums?).

Num evento assistido por milhões de pessoas em todos mundo, os artistas se empenharam em fazer interpretações convincentes. De Elton John e Paul McCartney a iniciantes, a maioria deles se esforçou para mostrar o melhor que podem fazer e conquistar a preferência do público.

Só que os Rolling Stones ensinaram ao mundo o conceito de banda de rock and roll, que manda não se levar tão a sério e se divertir com os momentos. Enquanto Mick, como é da sua personalidade, cantou e tocou violão com certa seriedade, Ronnie, Keith e Charlie tiraram a maior onda.

Charlie apareceu tocando uma bateria formada por uma mala e algumas caixas. Os pratos eram imaginários. Amigos músicos levantam a hipótese de ele ter usado um equipamento chamado aerodrums, que simula uma bateria com sensores. De qualquer forma foi uma cena inusitada e engraçada.

Keith quase deitado num sofá, estava se matando de rir por dentro e praticamente só fingindo que tocava. Ronnie fez alguns solos de guitarra, mas também se divertiu horrores com a situação.

Respeitando o isolamento, Mick está no Sul da França, Charlie e Ronnie estão em Londres e Keith está nos Estados Unidos. Por isso, gravaram as imagens por celulares e fizeram uma edição simplória, sem perderem muito tempo com isso.

Quando os Stones anunciaram que participariam do evento, sempre houve a curiosidade para ver como eles iriam lidar com o evento. Ficamos imaginando como Mick convenceria Charlie e Keith. No fim,  todos gravaram seus vídeos. Os Stones foram os Stones, extremamente irreverentes e roubaram a cena. Foram de longe, a atração mais divertida.


Comentários

comentários