Pouco antes de sua morte por causa de câncer, a enfermeira Janet Lawson (segunda foto), que estava em Cotchford Farm na noite em que Brian morreu afogado na piscina da casa, concedeu entrevista ao jornal brîtânico Daily Mail em que acusa abertamente o construtor Frank Thorogood (primeira foto) de ter assasssinado o fundador dos Rolling Stones.

Janet disse que a polícia induziu o seu depoimento, realizado logo depois da morte de Brian. “Eram quatro ou cinco horas da manhã. Eu estava exausta e nervosa. Ficaram me induzindo, perguntando se tinha ocorrido assim ou assado. Resondia apenas ‘yeah’. Pensei que poderia dar outro depoimento depois, então fui concordando com tudo para me livrar daquilo”, disse Janet. “Foi uma caixa de mentiras”, reconheceu, acrescentando que a polícia “estava tentando botar palavras na minha boca”. Sem outra chance de rever seu depoimento, somente pouco antes de sua morte Janet contou sua real versão para a morte de Brian Jones.
Janet foi enviada para a casa do Stone por seu namorado, Tom Keylock, então assessor direto da banda. Keyloc estava preocupado com a saúde de Brian e com a tensão na relação do músico com Thorogood, que havia sido demito e não estava mais reformando a casa, embora ainda estivesse por lá. “Havia alguma coisa no ar. Frank estava estranho”, referiu Janet.
Brian, Frank, Anna e Janet jantaram juntos. Depois, Brian e Frank ficaram na piscina. Os demais retornaram para a casa. Pouco depois, Thorogood foi perguntar a Anna onde estava o inalador de Brian. Ela procurou por tudo. Frank estava tremendo. Tinha aspecto terrível. “Desconfiei daquilo e fui olhar na piscina. Quando eu vi Brian na piscina, comecei a gritar por socorro. Frank não fez nada inicialmente”, narrou Janet.
Sem ajuda, a enfermeira diz ter corrido para a casa. “Encontrei Frank e ele saiu correndo para a piscina e mergulhou”, lembrou Janet. “Só que eu não disse onde o Brian estava. Como ele sabia que Brian estava no fundo da piscina?”, indagou.
No depoimento original, Janet não mencionou a tensão entre Brian e Thorogood, muito menos os pedidos de ajuda sem resposta, o nervosimo de Thorogood e o fato de o construtor ter ido depois de segundo chamado socorrer Brian sem que ela tivesse dito onde ele estava.

Comentários

comentários