Anúncio publicado na revista Record Mirror de 12 de junho de 1965

O EP (extended play) Got Live if You Want It!, lançado originalmente em 11 de junho de 1965, será relançado durante o Record Store Day deste ano, em 29 de novembro.

O título do disco foi inspirado na canção I’ve Got Love If You Want It, do bluesman Slim Harpo, e foi o terceiro e último EP lançado pelos Stones (os anteriores haviam sido The Rolling Stones, de janeiro de 1964 e Five by Five, de agosto de 1964), e foi gravado ao vivo durante a sua quinta tour britânica, entre 5 e 7 de março de 1965.

O disco traz cinco faixas e inicia com uma gravação dos fãs gritando We Want the Stones!, o que foi creditado a Nanker Phelge, o pseudônimo que a banda utilizava para creditar algumas de suas músicas. O lado A traz Everybody Needs Somebody to Love, Pain in My Heart e Route 66, e o lado B traz I’m Moving On e I’m All Right.

Como esse EP foi lançado somente para o mercado britânico, algumas de suas faixas apareceram nas versões americanas dos discos Out of Our Heads (I’m All Right) e December’s Children (Route 66 e I’m Moving On), ambos de 1965.

Embora a qualidade da gravação não seja das melhores, o que foi apontado pelas resenhas da época, o disco é um importante documento dos shows ao vivo dos Stones durante os anos 60.

Em dezembro de 1966 foi lançado nos Estados Unidos o LP com o mesmo nome (lançado também como Have You Seen Your Mother Live! em alguns países), mas que tem em comum com o EP apenas a música I’m All Right, em uma gravação de outro show, de outubro de 1966.

O vídeo abaixo (filmado por Peter Whitehead no Royal Albert Hall em 23 de setembro de 1966, e que apareceu pela primeira vez no documentário Tonite Let’s All Make Love in London, de 1967), dá uma clara ideia da reação dos fãs em um show dos Stones nesse período.

A exemplo dos demais lançamentos dos Stones que foram feitos nas edições anteriores do Record Store Day, este EP deverá ter uma tiragem limitada, e poderá ser adquirido mediante encomenda com alguma das lojas participantes do evento. Uma lista delas pode ser visualizada por este link.

Nossos agradecimentos a Rodrigo de Andrade, do site 180 Selo Fonográfico, pela informação.

Comentários

comentários