Esta semana estamos comemorando os 24 anos da passagem da Voodoo Lounge Tour pelo Brasil, com shows no Pacaembu e no Maracanã. Os Rolling Stones se apresentaram nos dias 27, 28 e 30 de janeiro, em São Paulo, e nos dias 02 e 04 de fevereiro, no Rio de Janeiro. Foi a primeira vez que os Stones vieram ao Brasil.

Depois da visita frustrada de 1975, Mick Jagger e turma desembarcaram no País 20 anos mais tarde. Houve um imenso furor e correria para compra de ingressos, principalmente para os shows de São Paulo, que esgotaram logo. Inicialmente as apresentações seriam no Morumbi, mas o estádio foi interditado, o que fez os concertos serem transferidos para o Pacaembu.

Estádios cheios e bilheterias quentes

Como o estádio municipal não comportava os 131,253 bilhetes vendidos para dois shows, uma terceira apresentação foi marcada para o dia 30/01. Mais de 43 mil pessoas estiveram presentes em cada noite, apesar do temporal que caiu antes dos dois primeiros shows. Os concertos paulistanos geraram receita de US$ 4,527,556 (R$ 17 milhões de reais).

O Maracanã recebeu 141,053, em duas noites.  A bilheteria rendeu US$ 3,067,410 (11.5 milhões de reais). Ao todo, a Voodoo Lounge Tour teve 129 shows e receita de US$ 320 milhões (cerca de US$ 540 milhões fazendo a atualização para os dias de hoje).

As pedras seguiram rolando

Depois das apresentações de 1995, os Stones voltaram ao Brasil em 1998 para shows em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2006 tocaram para 1.5 milhão de pessoas na Praia de Copacabana. Em 2016, a banda fez dois shows em São Paulo, finalmente no Morumbi, no Rio de Janeiro, e em Porto Alegre, no Estádio Beira-Rio (única apresentação dos Stones no Brasil fora do eixo Rio-São Paulo).

Os Stones seguem na estrada e este ano temos a No Filter Tour pelos Estados Unidos entre abril e junho.

Veja o show do Maracanã-1995, transmitido pela Rede Globo.


Comentários

comentários