Os fãs argentinos dos Stones tiveram uma prévia do filme Havana Moon ontem à noite, na sala Showcase Belgrano em Buenos Aires. Nosso amigo Juan Ignácio Muñoz, proprietário do 40×5 Tributo Bar, esteve presente à sessão e gentilmente nos cedeu sua resenha, que traduzimos a seguir. A partir de sua leitura, percebe-se que os fãs brasileiros terão uma grata surpresa no próximo dia 6 de outubro, data em que o filme será exibido no Brasil. 
Além da resenha, Juan nos passou alguns detalhes do filme que preferimos omitir para não estragar a surpresa dos espectadores. O filme contém aproximadamente 85% de sua duração dedicada ao show em si e os outros 15% servem como um documentário do evento. Em resumo, é um filme imperdível para os fãs dos Stones, e cuja exibição no país Stones Planet Brazil tem a honra de apoiar em conjunto com a rede Cinemark. Poderemos ter surpresas em breve, então fiquem ligados no evento criado no Facebook
Sobreviventes Heroicos

Por Juan Ignácio Muñoz
O título se encaixa perfeitamente à maior banda de todos os tempos e nada mais necessita ser somado aos 54 anos de uma história inigualável dos únicos eternos no mundo do rock’n’roll. Mas falemos do povo cubano, cuja revolução iniciada em 26 de julho de 1953 (no dia do aniversário de 10 anos de Mick) os deixou isolados de tudo aquilo que se nos faltasse, não saberíamos viver sem. Mas eles conseguiram também por decisão própria, como diz Keith no começo do filme, fazendo um contraponto a Mick.
Ninguém poderia fazer funcionar um carro modelo 1958, disse Charlie, exceto em Havana, onde todos os carros são assim! 
Havana Moon não deve ser visto apenas como mais um show dos Stones mas sim como um marco da contracultura. Há que se prestar atenção aos rostos cheios de admiração e alegria de cada cubano que aparece na tela e a empolgação das centenas de milhares que bailaram assistindo a esse evento histórico.
O começo do filme é impressionante e a qualidade das filmagens é a melhor possível. Nunca uma câmera esteve tão junto à banda no palco, nem sequer em Shine a Light. Paul Dugdale (o diretor do filme) conseguiu isso, e assim vemos o rosto de Mick no instante mais maravilhoso de nossa vida Stone, quando começa o anúncio: “Ladies and Gentlemen”…

…assistam Havana Moon!

Comentários

comentários