Aproveitando o artigo do André sobre os 53 anos do primeiro LP dos Rolling Stones,  falaremos sobre os singles americanos lançados nos anos 1960.

Algumas curiosidades…

Os singles lançados nos Estados Unidos na primeira década da longeva carreira  dos Stones trazem algumas particularidades.

Diferente do Reino Unido, onde os singles foram lançados com capas genéricas, nos Estados Unidos os singles foram lançados com capas próprias, com artes personalizadas. Estas capas hojes são relativamente difíceis de achar em bom estado pois como eram de uma papel fino, muitas vezes acabavam bem danificadas com pouco tempo de uso.

E como observado nos LPs, os singles lançados nos EUA também traziam diferenças, chegando ao ponto que algumas músicas lançadas em um país não apareciam em outro.

Nos Estados Unidos, o primeiro single lançado não foi Come On/I wanna be Loved ,   mas sim Not Fade Away/I wanna be your man.

Isso provavelmente aconteceu pois a gravadora achou que Not Fade Away teria mais apelo para o público americano.

Porém antes do 1º compacto oficial, a London fez um teste, por assim dizer, lançando o que é considerado hoje um dos compactos mais raros dos Stones: I wanna be your man/Stoned. Foram lançadas apenas 500 cópias promocionais.  Vinha com um envelope genérico da gravadora.

Somente depois foi lançado Not Fade Away, dando início a história dos Stones com a América.

Esse é um dos compactos mais difíceis de encontrar, juntamente com Heart of Stone e We Love You. E para surpresa geral, o outro considerado difícil é Satisfaction/ The Spider and the fly.

Isso provavelmente ocorreu talvez por conta do grande sucesso do mesmo. As pessoas compraram e ouviram incessantemente, detonando as capas, e as poucas que sobreviveram alcançam preços mais altos de venda.

Not fade away

Logo depois foram lançados Tell Me/ I just wanna make love to you e It’s all over now/Good times, bad times.

Em seguida foram lançados Time is on my side/Congratulations e Heart of stone/What a shame . Esse último, não se sabe exatamente por que, é um dos compactos mais difíceis de conseguir dos Stones. Mas quando falo em  difícil, eu estou falando de colecionadores normais.

Pois sem duvida nenhuma o mais difícil, mais raro, mais desejados e raramente visto é o compacto de Street Fighting Man/ No expectations, que é virtualmente impossível de conseguir. Só vi uma vez no Ebay e tinha um lance inicial de 14.000 Libras!!!!! E só conheço uma pessoa que tem: Matt Lee. Aliás, o compacto que esta exposto na Exhibitionism pertence a ele.

   

Heart of stone

 

Os compactos:

  • Not fade away/I wanna be your man
  • Tell me/ I just wanna make love to you
  • It’s all over now/Good times, bad times
  • Time is on my side/ Congratulations
  • Heart of stone/What a shame
  • The last time/Play with fire
  • Satisfaction/The under-assistant promotion man
  • Get off of my cloud/I’m free
  • As tears goes by/Gotta get away
  • 19th nervous breakdown/Sad day
  • Paint it, black/Stupid girl
  • Mother’s little helper/ Lady Jane
  • Have you seen your mother baby standing in the shadow?/ Who’s driving your plane
  • Let’s spend the night together/ Ruby tuesday
  • We love you/ Dandelion
  • She’s a rainbow/2000 light years from home
  • In another land/ The lantern
  • Jumpin’ Jack Flash/Child of the moon
  • Street fighting man/No expectations
  • Honky Tonk Women/You can’t always get what you want

Satisfaction

  

O compacto de Have you seen you mother baby standing in the shadow é um item bem interessante pois na contra capa traz a infame foto dos Stones travestidos.

Have you seen… Capa

Have you seen… contra capa

Como pode-se ver nas fotos, os primeiros compactos lançados tinha um label listrado azul e branco conhecido como Purple/White London.

A transição ocorreu na época de The last time, havendo a mudança para um label chamado Blue Swirl.

Os compactos promocionais na época traziam um label laranja ao invés de azul e branco, como pode ser visto no compacto de We love you.

We love you promocional

 

Mas sem dúvida nenhuma o mais interessante, para falar pouco, é o single Street fighting man/No expectations.

Na época ele foi lançado com uma capa que reproduzia fotos dos protestos estudantis ocorridos em Paris em 1968. Obviamente que a conservadora direção da Decca (Sir Edward Lewis) vetou a ideia.

Assim os compactos foram recolhidos das lojas e destruídos. Mas sobraram alguns para a historia.

Somente 12 desses, segundos informações, estão por aí. Então imagine o valor deles.

A capa abaixo obviamente é uma reprodução, mas serve para imaginar como é ter um desses em casa.

Street fighting man – réplica

 

Fechando a década de 60 os Stones lançaram Honky Tonk Women/ You can’t always get what you want.

Contando com uma capa bem interessante, é o primeiro disco que traz Mick Taylor na foto.

Honky Tonk Women

Houveram alguns lançamentos de EPs nos Estados Unidos mas são raríssimos. Eu particularmente nunca vi nenhum a venda. Esses EPs eram exclusivos para serem tocados em máquinas de jukebox. Inclusive vinham com as etiquetas para serem colocadas nas máquinas.

Nas décadas seguintes, como aconteceu com os LPs, os compactos, de uma maneira geral, foram lançados em formatos semelhantes ao redor do mundo, com algumas exceções.


Comentários

comentários