Um dos promotores da 50 & Counting Tour, John Meglen, vice-presidente da AEG, negou que estejam ocorrendo vendas fracas de ingressos para os shows dos Stones nos Estados Unidos. De acordo com o empresário, a tour deve arrecadar 100 milhões de dólares em 18 apresentações. De acordo com Meglien, a venda de ingressos a 85 dólares visa eliminar os cambistas. 
O promotor admite que alguns ingressos mais caros fiquem encalhados, mas que não há nada demais repassá-los ao público diretamente a preços mais baixos, evitando que cambistas lucrem com as vendas. Meglien afirma que 20 mil bilhetes de 600 dólares foram vendidos para os dois shows de Los Angeles. “Se alguns deles não são vendidos, por que nós não podemos redirecionar a venda de acordo com o mercado, ao invés de deixar que os cambistas o façam?”, questionou Meglien, que calcula que os cambistas devam lucrar até 3 milhões de dólares em cada show. “Por que esse dinheiro não deve ficar com os artistas?”, referiu.
As notícias sobre vendas fracas estariam sendo divulgadas por cambistas, contrariados com a iniciativa da AEG.

Comentários

comentários