TODAS AS FOTOS STONES PLANET BRAZIL



Por André Ribeiro, de Detroit
Eu tinha como objetivo de vida ver pelo menos 10 concertos dos Rolling Stones. Era algo que eu persegui por 35 anos. Na noite desta quarta-feira, 08 de julho de 2015, eu alcancei minha meta. Vi a banda pela décima vez, em Detroit, no Comerica Park lotado por cerca de 35 mil fãs. Encerrado o show, pelas 23h45min (horário local), posso dizer que estou pronto para os próximos dez.

Detroit é uma cidade decadente, meio fantasma, que luta para se recuperar da crise. A cidade chegou a pedir falência. A presença dos Rolling Stones devolveu vida e alegria à casa da Motown onde ídolos dos Stones, como The Temptations, gravaram seus sucessos. Mais de metade do público era oriundo do Canadá, pela proximidade da cidade com o país vizinho. Outra parte expressiva veio do interior de Michigan e de outros lugares, como eu, a Jéssica e o Carmênio, que viemos do Brasil. Os hotéis lotaram, as ruas foram tomadas por multidão e Detroit reviveu seus tempos de glória. O comércio agradeceu, o povo de Detroit agradeceu a presença dos Rolling Stones.
Talvez como retribuição pela excelente música que a cidade produziu, os Stones deram o máximo. A banda esteve em altíssimo nível, superior a Orlando, a nossa parada anterior em junho. Just my Imagination foi a homenagem à Motown incluída no set list. Rocks Off e All Down the Line, que foram matadoras.

Moonlight Mile segue emocionante. Ronnie continua em excelente forma. Keith esteve mais concentrado e pegou pesado no trabalho. Charlie foi o de sempre e Mick também, impressionando pela sua vitalidade e capacidade de dominar o público.
O coral de You Can´t Always Get What You Want foi o melhor desde Londres 2012. Bom, estamos no território da Motown!
Em Start me Up, que teve uma versão perfeita, eu me dei conta de tudo que tive de passar pessoalmente para chegar a esses dez concertos. E posso garantir que não houve sacrifício. Faria tudo de novo, porque naquelas 2h15min em que você está vendo o show, você tem certeza. Vale a pena e é o lugar onde você precisa estar. Os Rolling Stones são um vício, mas um vício bom, em que você não quer e não deve se livrar nunca.
Estou pronto para os próximos dez shows. Seja lá onde forem. Será lá o lugar certo para eu estar!

TODAS AS FOTOS STONES PLANET BRAZIL


Comentários

comentários