FOTO ALEX CARVALHO/STONES PLANET BRAZIL



Por Alex Carvalho
Nessa última quarta-feira estivemos acompanhando a primeira apresentação dos Stones em São Paulo nessa turnê, estádio do Morumbi. Serão duas apresentações ali, a próxima ocorrerá no dia 27/02, próximo sábado. 
Eu nunca tinha estado no Morumbi e acabei encontrando exatamente aquilo que esperava, após acompanhar inúmeros jogos de futebol pela TV: um estádio grande, imponente, majestoso, carregado de lembranças e de história, mas um pouco antigo se comparado com outros construídos ou reformados para a Copa do Mundo (como é o caso do Maracanã e do Beira-Rio, onde os Stones, respectivamente, também tocaram e irão tocar), o que não é nenhum problema, diga-se de passagem.
Já no acesso para o estádio pude perceber a primeira grande diferença em relação ao RJ. Cheguei no Maracanã as 19hs e o acesso foi muito tranquilo, sem filas, consegui um lugar muito próximo do palco na Pista Premium, percebi que o público carioca chega para os shows em cima da hora. No Morumbi não foi assim. Após um deslocamento envolvendo metrô e ônibus (o Morumbi é distante de quase tudo, e o acesso é trabalhoso mesmo), ao chegar na frente do estádio por volta das 18:40hs, pude perceber imediatamente a diferença, uma quantidade enorme de pessoas circulando, a procura de seu portão para entrar no estádio. 
Não existia fila no meu portão (18), a entrada foi muito tranquila e logo estava num corredor que terminava numa pequena descida para a parte externa. Ali, uma loja de produtos oficiais com pouco movimento, muito fácil de comprar. Percebi que as pessoas, logo que entravam, já se dirigiam à pista, para pegar um bom lugar.
Assim como ocorreu no show do RJ, a convidada indesejada chuva compareceu. Durante todo o dia ocorreram pancadas. E quando eu estava nesse corredor (coberto) desandou a chover, o que me tirou o ânimo de acessar o campo propriamente dito. Sentei ali mesmo, permaneci nesse lugar todo o show dos Titãs, de modo que não tenho condições de comentar como foi a abertura.
Quando enfim cheguei no campo, por volta das 20hs, ainda era possível ficar em alguns lugares legais, mais laterais, e foi dessa posição que assisti o show.
Foi meu terceiro show na Olé Tour (Montevidéu e RJ) e fui brindado com o melhor set list até agora. Comentava no deslocamento POA-SP com meu amigo André Ribeiro que “eles bem que podiam tocar Beast of Burden”, até porque sei que é uma das suas músicas preferidas (e eu também gosto muito). E não é que, para nosso deleite, tocaram mesmo. Além disso, a surpresa da noite ficou com Worried About You (que acabou ocupando o lugar de Angie ou Wild Horses). Bitch foi a música escolhida pelo público, outra canção que não vinha sendo executada. Ponto para os Stones, que saíram da sua zona de conforto e arriscaram um pouco.
É claro que, como sempre, pequenos erros de execução se fizeram presentes, mas nada digno de comentar. Jagger interagiu mais ainda com o público, falou muito em português, disse estar na “terra da garoa” e que “estava feliz” e mandou literalmente “beijinho no ombro” pra galera. Bernard foi para o centro do palco em Beast of Burden e fez um pequeno dueto com Jagger, assim como Sasha Allen em Gimme Shelter. A moça, de fato, é muito boa e está se soltando (mas não é Lisa).
Particularmente, no set de Keith, tive o prazer de ouvir novamente (assim como no RJ) You Got the Silver, música que gosto muito.
O restante é aquilo tudo que sabemos, muita qualidade, respeito com os fãs, música e emoção acima de tudo, mais um grande concerto. Pra mim, embora com um set list melhor, ficou um pouco abaixo do show do RJ, mas certamente muito próximo. É assustador perceber como esses shows são (bem) melhores dos que eu vi em 1995 e em 1998, e há que se levar em conta que os “rapazes” que estão no palco agora são setentões. Fica nítido o prazer deles em estar tocando, a diversão é palpável, evidente. O público, lógico, agradece.

1. Start me Up
2. It’s Only Rock’n’Roll
3. Tumbling Dice
4. Out of Control
5. Bitch (Escolha da Internet)
6. Beast of Burden (Yeahhhh!!)
7. Worried About You (Uauuuu!)
8. Paint it Black
9. Honk Tonk Women
10. Band Intros

11. You Got the Silver (Keith)
12. Happy (Keith)
13. Midnight Rambler
14. Miss You
15. Gimme Shelter
16. Brown Sugar
17. Sympathy for the Devil
18. Jumpin Jack Flash

Encore:
19. You Can’t Always Get What you Want
20. Satisfaction

Comentários

comentários