O musical Start me Up volta aos palcos de São Paulo nesta sexta-feira, às 21h, no Teatro Bradesco. O show estreou em 20 de fevereiro e terá sua segunda apresentação na capital paulista. O diretor do show, Ricardo Junior, conta que haverá novidades.

A primeira mudança afeta Ricardo diretamente. Músico experiente, ele fazia o Bill Wyman do show, mas agora irá se dedicar totalmente à direção, deixando o baixo sob responsabilidade de Nick Guiducci. “Eu fiquei muito tenso no primeiro show, porque tinha muita coisa para fazer e eu não conseguia resolver porque estava tocando. Mas eu tinha de ver  questões como som e luz, por exemplo. Então desta vez resolvi ficar apenas como diretor”, diz Ricardo. “O Nick é muito jovem e me surpreendeu pela garra e vontade com que entrou no show. Ele pegou tudo muito depressa”, conta o idealizador do projeto. 

As mudanças em relação à estreia não se limitam à troca de baixista, no entanto. O show passa a ter agora um Brian Jones/Ronnie Wood definitivo. Gabriel Costi, que a exemplo de Marcelo Ceglie (Keith) e Fernando Mello (Mick), toca na Rolling Stones Cover Brasil, assume o papel.

“Tivemos algumas mudanças de repertório. Algumas canções mudaram de ordem para se encaixarem melhor no enredo do show. Espero que as pessoas gostem, mas é quase o mesmo show da estreia. Houve algumas mudanças de figurino também. Demos uma aperfeiçoada nisso e vai ficar bem legal”, revela Ricardo.

Momento mais marcante

O momento mais marcante do show, sem dúvida é quando Brian Jones está em cena. Com o jogo de luzes, em muitos momentos você imagina estar vendo o fundador dos Stones na sua frente.  

“Talvez por eu ser muito fã da fase inicial dos Stones, eu gostei demais de ver o Brian no palco tocando cítara, dulcimer, etc. Para mim, como fã, é o que mais me emociona. Vendo as fotos do show, gostei muito também da fase do Rock and Roll Circus”, comenta Ricardo, que toca com o Ultraje a Rigor e também tem trabalhos envolvendo os Beatles.  “O grande auge do show para mim é o começo com o Brian. Acho que ele foi por caminho diferente do que a banda gostaria, começou a botar muitos instrumentos diferentes. Mas ele foi fundamental para os Stones. Sem o Brian, eles não teriam noção que tinham de voltar para o blues, para o rock e foi por isso que eles viraram os Stones, a banda como passamos a conhecer”, opina Ricardo.

Serviço

O quê? Start me Up

Quando? Sexta-feira, dia 05 de maio, às 21h

Onde? Teatro Bradesco, em São Paulo (Rua Palestra Itália, 500, loja 263, 3º piso)

Ingressos: www.ingressorapido.com.br. Preços: de R$40,00 a R$90,00

Apoio: Stones Planet Brazil, Pedrone, TiaFlex e AbR.

Créditos:  

Fernando Mello (Mick)
Marcelo Ceglie (Keith)
Gabriel Costi (Brian/Ronnie)
Bart Silva (Charlie)
Nick Guiducci (Bill)
Brunno Moreira (Produção)
Ricardo Junior (direção)


Comentários

comentários