Claro que todo fã dos Rolling Stones gosta de ouvir as versões originais das canções da banda ou escutá-las como elas são executadas ao vivo. A banda Stones Blues mostra que ser diferente é bom. Em quase 2 horas de show no Shopping Paseo Zona Sul, em Porto Alegre, Trick Bernardi (vocais, guitarra e gaita), Alexandre Móica (guitarra e vocais) e Paulo James (bateria e vocais) tocaram clássicos revisitados e velhos blues interpretados pelos  Stones.

A Stones Blues não tocou Satisfaction nem Start me Up, por exemplo, e banda não teve de fugir do público enfurecido. Muito pelo contrário. As pessoas presentes se divertiram bastante e aplaudiram o grupo calorosamente, inclusive pedindo “bis”. Ou seja, ser diferente, fugir do “mais do mesmo” pode ser um caminho a ser trilhado. As pessoas não fazem questão de ouvir sempre a mesma coisa. Os fãs querem música boa e bem tocada. Se a banda fizer um bom trabalho, ela verá uma luz no fim do túnel. E não será um trem vindo na direção contrária.

Set list surpreendente

Walking the Dog, Heart of Stone, Ventilator Blues, I Just Want Make Love To You, You Gotta Move, Love in Vain e Hate to See You Go compuseram os “lados b” ou canções menos famosas tocadas pela Stones Blues. E elas estiveram entre as mais aplaudidas.

Claro, clássicos como Let it Bleed, Sweet Virginia, Dead Flowers, Sympathy for the Devil, Honky Tonk Women, Brown Sugar, Jumping Jack Flash, Miss You, Gimme Shelter, Wild Horses e She´s So Cold deram peso ao show, mas com versões completamente reformuladas e adaptadas à ideia do show.

O set list da banda é surpreendente e bom.

Diversão e “sonzera”

Os shows da Stones Blues são sempre divertidos, descontraídos e é uma “sonzera” danado. Os caras são excelentes músicos, muito criativos e fazem apresentações extremamente profissional e de alta qualidade. Confira mais detalhes e a agenda da banda na página dela no Facebook.

Caso tenha interesse em contratá-los pode enviar mensagem para eles clicando aqui. Certamente você não irá se arrepender.


 


 

Comentários

comentários