Com todos os shows confirmados e com os ingressos nas mãos (infelizmente os tickets eram magnéticos e ficavam dentro das roletas e ficávamos apenas com o envelope no qual eles vinham), a expectativa, agora, era pela chegada dos Stones a São Paulo. O primeiro a desembarcar foi Mick Jagger. Ele chegou às 7h36min da quinta-feira, dia 26, no aeroporto de Cumbica. Mick desembarcou do jumbo 747, da Varig (vôo 837). O vocalista deixou o aeroporto por uma saída lateral, onde era esperado por dezenas de jornalistas e alguns fãs. Simpático, Mick desceu do carro e foi dizer um “olá” às pessoas. “Bom dia, bom dia para todos. Vejos vocês amanhã”, falou Jagger (em inglês, evidentemente).Os demais Stones chegaram apenas às 3h30min da madrugada da sexta-feira, dia 27. Junto com Keith, Ronnie e Charlie vieram 40 pessoas. A turma viajou num vôo fretado (um DC8) e saiu de Cumbica em dois microônibus. Enfim, os Rolling Stones estavam no Brasil. Desta vez, não a passeio, mas para tocar – antes, apenas Charlie havia se apresentado no país com sua banda de jazz. O próximo passo seria ver os Rolling Stones no palco.

Comentários

comentários