De volta ao Grove Studio. Já não é mais novidade que os Rolling Stones estão trabalhando em um novo álbum. A banda admitiu publicamente várias vezes que desde 2015 vem evoluindo lentamente no processo de criação de um novo disco de canções inéditas.

A novidade é que Ronnie Wood foi visto entrando em um estúdio em Londres, o que indica que o grupo esteja realmente de volta às gravações – além de atestar o bom estado de saúde do guitarrista, que passou por laparoscopia para retirar tumor no pulmão.

A matéria publicada pelo Jornal Metro, de Londres, diz aparentemente de forma equivocada que os Stones começaram os ensaios para a No Filter Tour, o que não faz sentido, uma vez que restam ainda quase três meses para o primeiro show.

Ou seja, a presença dos Stones em estúdio é sinal claro de que o processo do novo disco segue evoluindo e que podemos ter novidade ainda este ano, quem sabe até mesmo antes da tour europeia, embora seja impossível, no momento, especular com seriedade uma data de lançamento do álbum.

Dirty Strangers

Os indícios de que os Stones estejam mesmo concentrados na preparação do disco não param por ai. A banda Dirty Strangers, com a qual Keith Richards e Ronnie Wood já tocaram, com ambos tendo participado de disco dos caras, está em Londres.

O líder do grupo, Alan Clayton, é muito amigo dos Stones. Ok, mas e daí? Ocorre que a Dirty Strangers tem show marcado para esta sexta-feira (09/06) no 100 Club. Mas isso aparentemente não quer dizer nada.

Grove Studio

Grove Studio, em Londres, onde os Rolling Stones estão trabalhando

O que interessa é que Clayton postou fotos suas em estúdio, em Londres, com Pierre de Beauport (chefe dos roadies dos Stones), com Bill Bolton (segurança de Keith) e com Chuck Leavell.

E em qual estúdio estavam? No Grove, o mesmo lugar onde Blue and Lonesome foi gravado. Basta unir os pontos e… temos movimentação para a finalização do novo disco dos Rolling Stones.

Vamos lembrar que a banda entrou em estúdio em dezembro de 2015 para fazer justamente um disco de músicas inéditas, mas em meio ao trabalho a banda foi tocando velhos blues, que foram gravados, ficaram excelentes e isso fez Blue and Lonesome nascer, de improviso.

Claro que os Stones irão ensaiar para a No Filter Tour, mas não agora. Isso não faz sentido e não é como costumam trabalhar.

O ensaios para estas pequenas tours são feitos a menos de um mês dos concertos e são apenas um punhadinho de sessões para repassar detalhes. Os shows dos Stones hoje em dia, com eles tocando basicamente o mesmo setlist, estão praticamente prontos.

De volta aos Dirty Strangers, não se surpreendam se algum dos Stones aparecer no 100 Club nesta sexta-feira. Isso não seria qualquer surpresa.