Marianne Faithtull concordou que sua vida virasse um filme. A película teria como base a autobiografia da cantora lançada em 1994. Um dos grandes amores de Mick Jagger e companheira inseparável do Stone e de seus comparsas durante os anos 1960, Marianne sempre foi uma das melhores fontes sobre a banda e certamente o filme será recheado por informações sobre os garotos malvados. No momento, Marianne está lançando seu 22º disco e não quer se envolver com o filme, mas confirma que ele está por ser realizado.
“Eu não estou envolvida com o filme”, disse Marianne. “Vou ler o script quando estiver pronto e deixar o diretor escolher a atriz. Eu não quero envolvimento e os deixarei fazer como quiserem. Minha vida foi uma grande historia”, declarou.
A vida de Marianne é recheada de Stones, desde o relaciomaneto com Mick, ao caso rápido com Keith, aos exageros com heroína, à perda de um filho de Jagger, à interpretação de As Tears Go By, etc.
O novo disco de Marianne tem a participação de Keith Richards e será lançado na segunda-feira na Inglaterra.

Comentários

comentários