Em época de poucas notícias, decidi fazer alguns breves comentários sobre coisas que tenho visto e ouvido.

Um dos discos dos Stones para o qual muita gente torce o nariz, o Bridges to Babylon merece ser ouvido com mais cuidado. É excelente álbum. Se tivesse sido lançado nos anos 70, hoje em dia seria um clássico. Eu estava cantarolando há pouco Thief in the Night e How Can I Stop, duas lindas canções interpretadas pelo Keith. Decidi, então, ouvir o disco todo. Anybody Seen my Baby, Already Over Me, Saint of Me, Out of Control, Always Suffering, etc. Excelente álbum.
Quem tiver o DVD bootleg Bremen 1997 veja a magnífica versão de Thief in the Night. A Leah Wood divide os backings vocals com Lisa e Bernard. É um grande momento. O Pierre Beauport (chefe dos roadies dos Stones, um dos produtores do Bridges to Babylon e também co-compositor de Thief in the Night) toca teclados com o Chuck Leavell.

Comentários

comentários