Little Richard foi uma influência para todos os artistas que subiram sobre um palco a partir de meados dos anos 1950. Richard Wayne Penniman morreu neste sábado, 09 de maio de 2020, mas deixou um legado que nunca será esquecido. Ao lado de Chuck Berry, Bo Diddley e Jerry Lee Lewis, “Ricardinho”, como alguns fãs brasileiros o chamam carinhosamente, construiu uma base musical sólida para que os Rolling Stones, e todos os demais, tornassem o rock and roll uma expressão cultural global.

Os Rolling Stones conheceram Little Richard muito cedo. Já em sua primeira tour britânica, entre setembro e novembro de 1963, eles tiveram a honra de dividir o palco com o mestre. Na ocasião, os Stones fizeram apresentações primeiramente ao lado de Bo Diddley e dos Every Brothers. No entanto, Little Richard substituiu os Every Brothers logo em seguida, fazendo 25 shows com Didley e os Stones.

Nota de Mick Jagger

Mick Jagger disse em sua nota de pesar que aproveitou cada momento ao lado de Little Richard para aprender como entreter o público, inspirando-se em cada uma das performances eletrizantes dele. Pianista de boogie woogie com levadas de blues e de soul music, Richard foi um dos ídolos de Ian Stewart, um dos membros fundadores dos Stones.

A exemplo de outros gigantes que já se foram, como Muddy Waters, Chuck Berry, Howlyn’ Wolf, Bo Diddley e Ray Charles, Little Richard nunca será esquecido. Para sempre influenciará cada músico que subir num palco para tocar rock and roll e suas canções continuarão vivas para sempre.


Comentários

comentários