Capitaneada pelo guitarrista Marcelo Ceglie, a Rolling Stones Cover Brasil está lançando um projeto curioso. A banda está montando um show tributo a Keith Richards só com canções de carreira solo dele e grandes clássicos cantados por ele nos Stones. Em breve a banda irá anunciar a agenda de shows por São Paulo, embora o grupo esteja aberto a propostas de outras cidades e estados.

O projeto não é 100% inédito, mas pode-se dizer que é raríssimo encontrar bandas fazendo tributo exclusivo a Keith Richards. Usualmente os grupos fazem covers dos Stones e incluem alguns temas de Keith no repertório. Pesquisando no Google, achamos alguma coisa parecida com tributo a Keith na Holanda. No Brasil, acreditamos não existir nada simular.

Imagens: divulgação da banda

O preferido entre os fãs dos Stones

Mas então é loucura fazer um tributo a Keith Richards? Se ninguém nunca fez isso é porque não vale a pena, certo? Errado. Aliás, totalmente errado.

Em setembro de 2008 o site de fãs europeu IORR fez enquete com milhares dos seus participantes para saber as preferências dos seguidores da banda. Keith Richards foi escolhido por 50% dos usuários como seu stone favorito. Mick Jagger teve 28% dos votos, enquanto Ronnie Wood e Charlie Watts ficaram com 9% cada. Mick Taylor e Brian Jones somados tiveram 4% da preferência.

Em enquetes feitas nas redes sociais de Stones Planet Brazil os resultados são muito similares. Então, faz todo sentido ter um show tributo a Keith Richards. E essa lacuna agora está sendo preenchida pelo projeto da Rolling Stones Cover Brasil.

De acordo com Marcelo Ceglie, o Keith Richards banda, a ideia surgiu da necessidade de manter a banda ativa. O Mick Jagger do grupo, Fernando Mello, está vivendo na Europa e ninguém conseguiu substituí-lo. “A partir disso, eu fiz um post no Facebook sobre a ideia de show  tributo ao Keith. E a resposta foi espantosa. Muita gente começou a enviar mensagens de apoio. Com isso eu ganhei confiança”, conta Ceglie.

Cantando como Keith Richards

A partir daí, o músico paulistano, que estava acostumado a cantar duas canções por show, passou a ter um concerto completo para segurar. A aflição foi a mesma vivenciada por Keith quando ele iniciou seus projetos solo. “Felizmente eu confio muito na banda e sei que eles vão segurar a onda. Sei que posso tirar a mão da guitarra em alguns momentos mais complicados de cantar e tocar ao mesmo tempo. Fico tranquilo porque tem uma banda atrás de mim, que vai me dar suporte e não teremos buracos”, diz Ceclie.

Grande fã de Keith Richards, Ceglie costuma tentar se aproximar ao máximo da sonoridade do ídolo. Os timbres das guitarras, o estilo de tocar, tudo é estudado para sair o mais semelhante possível.

“Nossa ideia é tocar canções de todos os discos solo dele e também músicas interpretadas pelo Keith nos Stones”, conta Ceglie. Quem for aos shows pode esperar músicas como Take It So Hard, How I Wish, Wicked As It Seems, Eileen, Trouble, Happy e Before They Make Me Run.

Contato para shows

A banda é formada por Marcelo Ceglie (guitarra e vocais), Léo Cunha (guitarra), Gustavo Lamounier (baixo) e
Tommy Duka (bateria). Contato para shows pelo telefone (011) 96918-6211 ou através do Facebook da banda.


Comentários

comentários