Do dia 26 de maio até hoje, Stones Planet Brazil acompanhou todos os shows da 14 On Fire Tour, trazendo os setlists em tempo “quase” real, fotos e vídeos de todas as apresentações, como é costume. Foram cerca de 40 horas de trabalho, somando-se o tempo dedicado em todas as apresentações. 
Mais do que isso, desta vez Stones Planet Brazil contou com a colaboração de um timaço de especialistas, de hardcore fans, que trouxeram relatos exclusivos (e também muitas fotos e vídeos) de dez das 14 apresentações da tour. O blog contou com colaboradores nos shows de Lisboa, Zurique, Landgraaf, Berlim, Paris, Viena, Roma, Madrid, Wercheter e Estocolmo.
Nossa seleção mundial de colaboradores contou com Isy (Itália), Tinot (Espanha), Juan Ignacio (Argentina), Andreea (Romênia), Vilhelm (Suécia), Rolando, Abel, Mario, Carlos e Rui (Portugal), Alex (Bento Gonçalves – RS), Jéssica (São Paulo), Leandro (Porto Alegre), Cristiano (Porto Alegre) e André (Porto Alegre). Sem esquecer dos parceiros Márcio (Curitiba) e Fernando (São Paulo), que embora não tenham estado na estrada, sempre são figuras que prestam todo apoio.
Foram pessoas de sete países diferentes que colaboraram com nossa ideia, tudo em nome da causa Stone e por confiarem no trabalho sério que fazemos em Stones Planet Brazil.
Muito obrigado a todos!


Alex Carvalho, que fez brilhante trabalho em Madrid.
Andreea Chelsoi fez vídeos de shows da tour e nos deu permissão para publicar alguns.

Com o Carlos Ventura e sua esposa, Carla. Fotos e muita simpatia em Lisboa. 
Juan Ignacio, sempre pronto para pegar a estrada.
  Isy Araf, grande figura, que nos deu uma baita mão com seus relatos.
  
Leandro, Jéssica e Cristiano, a turma de locais muito especiais.
 Mario Lagos, o homem de muitos concertos.
 Um Pirata Rui a serviço da causa stoneana em Lisboa.
Rolando Rebelo, nosso “Fernando Pessoa” stoneano.
Tinot Asso, um artista de Girona para o mundo.
 Vilhem e os Stones Vikings estão sempre prontos.
Cristiano, o braço direito do blog, e sua amiga Kitty.

Abel Rosa, especialista em vinil da Terra de Cabral.

Comentários

comentários