Depois de tantos anos de espera, quase sem esperança de ver os Rolling Stones ao vivo no Brasil, a ansiedade para estar diante da maior do mundo era gigantesca. Logo cedo pela manhã, milhares de pessoas faziam fila diante do Pacaembú. Nós chegamos por volta das 10h, quando já havia muitas pessoas à espera da abertura dos portões para o gramado.
O calor era muito forte. O sol estava impiedoso, mas isso tudo era detalhe diante da expectativa. Notou-se logo que a maioria do público era de jovens fãs. Quando os portões se abriram, já pela metade da tarde, o tempo começou a mudar. Nuvens muito pretas e ameaçadoras circundavam o estádio. Bem, a chuva também não seria suficiente para estragar o encontro dos fãs com os Stones. De repente, o que eram nuvens ameaçadoras virou um temporal impressionante. Uma verdadeira tempestade caiu sobre São Paulo. Muita gente não conseguiu chegar ao estádio, o que fez o público não passar de umas 40 mil pessoas, apesar de quase todos os 50 mil ingresses terem sido comercializados.Houve atraso nos shows das bandas de abertura. O imenso palco suportava bem ao vento e verdadeira inundação. O Barão Vermelho tocou debaixo de um aguaceiro impressionante, tendo de interromper a apresentação antes do fim programado. Rita Lee sequer subiu no palco, receando estragar todo o seu equipamento. As pessoas levantam a proteção do gramado, usando-as como guardas-chuva improvisados.
O Spin Doctors enfrentou o temporal. Ninguém estava lá para ver as bandas de abertura. O que interessa mesmo era ver os Stones. Temia-se que o show fosse cancelado. O rumor circulava por todos os cantos do estádio.
Por volta das 11h10min da noite, os Stones finalmente subiram ao palco, interpretando Not Fade Away. Parecia mentira. Era preciso olhar e ouvir para vezes para se ter certeza de que era verdade. Mas era. Os Rolling Stones estavam tocando diante de nós. Para quem conhece bem os Stones, ficou claro que a primeira apresentação ficou abaixo do que a banda pode fazer. A chuva atrapalhou muito, embora tivesse diminuído de intensidade. Mesmo assim, o estádio veio abaixo com a seqüência de clássicos. Encerrado o show, haveria mais na noite seguinte.O set list é reprodução do livro Os Rolling Stones no Brasil, de Nélio Rodrigues.

Comentários

comentários