Você imagina uma banda que respira Stones? Bom, ouça a Cachorro Grande que você irá encontrar uma. Ao longo dos anos a gente teve no rock brasileiro grupos muito influenciados pelos Stones. Para citar alguns, Barão Vermelho, Garotos da Rua e TNT. Obviamente a Cachorro tem outras fontes musicais, como os Beatles e o Oasis, que possivelmente sejam os mais marcantes na sonoridade deles, ao lado dos Stones. Mas neste momento, ninguém no País soa mais Stones do que esses gaúchos radicados em São Paulo.

Quando os caras souberam que abririam o show dos Stones em Porto Alegre, eles entraram em estado de euforia pura. “Vamos jogar em casa. No nosso estádio e vamos tocar na abertura da nossa banda preferida”, disse na época Beto Bruno, o vocalista da banda. “Eu nem sei o que mais podemos fazer a partir de agora. Eu ainda nem acredito”, acrescentou o cantor, em lágrimas.

Uma banda eufórica

Existem vários vídeos no Youtube que mostram os momentos de euforia que a banda viveu ao receber a notícia. Nem que quisesse a Cachorro Grande poderia conter a alegria. “Eu esperei 42 anos e dois meses para que isso acontecesse”, disse Bruno. “Nosso primeiro show foi em Sapucaia e a gente abriu a apresentação com uma música dos Stones. É inacreditável o que vivemos. É a maior banda de rock and roll de todos os tempos e nós abrimos o show deles”, comentou o guitarrista Marcelo Gross.

Cachorro Grande Costa do Marfim em LP duplo

Há uma semana a Cachorro Grande lançou em parceria com o Selo 180, de Passo Fundo, o disco Costa do Marfim (2014) em vinil. Na verdade, são duas edições. Uma com LP preto e outra com LP colorido em versão mais luxuosa.

Mesmo que o disco tenha bastante sintetizadores, ao longo de todas as faixas você nota a influência dos Stones. Especialmente pela guitarra de Marcelo Gross, que é grande seguidor de Keith Richards e chega a brincar com guitarras em Open G em seu disco solo Use o Assento Para Flutuar, também lançamento do 180.

O disco Costa do Marfim tem história curiosa. Ele foi feito na República Tcheca, mas ao iniciar viagem de regresso ao Brasil, a alfândega considerou a importação ilegal. Todo lote ficou 3 anos apreendido e foi a leilão.

O Selo 180 teve de arrematar os próprios discos para poder colocá-los no mercado,  o que finalmente se concretizou na semana passada. O disco, por isso, agora pode ser vendido aos fãs da banda gaúcha.

O melhor disco da banda

Costa do Marfim é considerado o melhor trabalho da Cachorro Grande e foi eleito um dos melhores álbuns de 2014. Era inclusive o disco que a banda divulgava quando ela abriu para os Stones.

Vinil duplo em 45 rpm, ele tem uma edição muito caprichada, tanto em sua versão mais simples, com LPs pretos, quanto na mais luxuosa, com LPs coloridos, que é maravilhosa. Você encontra o Costa do Marfim à venda na loja online de Stones Planet Brazil, uma das primeiras lojas no Brasil a receber o disco para venda.

Então, se você quer ouvir uma banda brasileira que siga a escola dos Stones, escute a Cachorro Grande, em Costa do Marfim. Confira abaixo mais fotos da edição deluxe do Costa do Marfim, quem tem apenas 105 exemplares.


O LP Costa do Marfim está à venda na loja online de Stones Planet Brazil. Clique na foto para conferir a oferta.

Comentários

comentários