TODAS AS FOTOS ANDRÉ RIBEIRO/STONES PLANET BRAZIL



Por André Ribeiro
A Olé Tour chegou a São Paulo nesta quarta-feira. Apesar de a chuva tentar estragar o show de toda forma, os Stones mais uma vez superaram todas as adversidades e fizeram uma grande apresentação. O começou foi um pouco inseguro, mas nada que não tivesse sido resolvido já na metade de It´s Only Rock and Roll, o segundo tema da noite.
No meu ranking pessoal, dos cinco shows que vi até agora da Olé Tour, o concerto do Morumbi ficou levemente atrás das apresentações de Montevidéu e Rio de Janeiro, justamente por causa desse começo pouco abaixo, e empatado com Santiago. La Plata segue como a apresentação menos boa das que vi.
A nota técnica que mais me chamou atenção em São Paulo foi novamente a questão do volume do microfone da Sasha Allen. Desta vez se pode ouvir bem mais claramente a voz da moça, que canta muito bem, mas talvez ainda não merecesse a confiança dos chefes. Até sua performance em Gimme Shelter cresceu bastante, mesmo que ainda sinta falta da Lisa Fischer.

Dito isso, o público “boiou” em algumas músicas importantes da noite, que podem até ser colocadas como principais pela “novidade” que representam. No caso, Beast of Burden e Worried About You, que receberam versões excelentes e que realmente deram “up” ao show de São Paulo, porque são tema que não vêm sendo tocados com frequência (Beast of Burden um pouco mais). 
Uma “gafe” de Mick, que eu não sei se foi coisa da minha cabeça, ou se ele fez isso mesmo, foi chamar Karl Denson de Bobby antes do solo de Brown Sugar. Eu ouvi claramente ele dizer “go Bobby” ou algo assim, mas pode ser coisa da minha imaginação.
Mick fez as piadinhas de sempre. Lembrou que há 18 anos não tocavam em São Paulo (a última havia sido em 1998) e chamou a capital paulista de “terra da garoa”, acrescentando: “igual Londres”!

São Paulo teve sorte. Assistiu a uma apresentação dos Stones em seu mais alto nível. As pequenas derrapadas de Keith, aqui ou ali, uns vacilos na hora de começar a cantar de Mick, mas tudo dentro da completa normalidade de um show ao vivo.
Sábado tem mais. Vamos estar em São Paulo de novo. Agora para nosso sexto show da Olé Tour – meu 16º no total. Claro que vamos contar tudo para vocês na volta de mais esta gig.

Comentários

comentários